Último final de semana do Festiqueijo marca a despedida das soberanas

27/07/2022

A poucos dias do último final de semana de Festiqueijo 2022, Kelly Cristina Guedes e Brenda Pagliarini Sartori, Senhorita Festiqueijo e Dama de Companhia, respectivamente, dizem que o coração já está apertado. “Nem estamos pensando muito na despedida, foi um período intenso, de momentos bem vividos e de muita gratidão”, revelam emocionadas.

Kelly e Brenda têm aproveitado cada minuto dessa 31ª edição. “Está sendo tudo muito intenso e, desde 2019, consigo enxergar mudanças muito positivas no meu desenvolvimento pessoal, uma delas é falar em público”, observa Brenda. Já Kelly evidencia o carinho, os aprendizados e as experiências positivas vividas nesse período. “Acredito que esses dois anos sem Festiqueijo tornou essa edição de 2022 ainda mais especial, seja pelas pessoas sedentas por afeto, festejar, e estar junto, como pelas novas ações promovidas pelo Festival, como a Vila das Etnias, a Área Vip. Está sendo muito, muito especial”, comemora Kelly.

Eleitas em 2019, a Senhorita Festiqueijo e a Dama de Companhia foram escolhidas para representar o Festival nos anos de 2020 e 2021 em um concurso bastante disputado e difícil, como elas mesmas lembram. Passada a emoção, as soberanas estavam prontas para divulgar e representar o Festival gastronômico mais gostoso da Serra Gaúcha. Mas, de repente, veio a pandemia. “Logo no início de 2020 ficamos muito apreensivas se haveria ou não o Festiqueijo, devido ao Coronavírus. Em março, ficou decidido que naquele ano não seria realizado”, recorda Brenda. Kelly diz que foi um misto de emoções, porque existia o desejo que o Festival acontecesse para que elas pudessem realizar o sonho de representar o evento, porém, também sabiam que o momento era delicado. “Compreendemos que o melhor era não realizar o evento”, destaca.

O ano de 2021 começou mais uma vez com a expectativa de realização do Festival. No entanto, mais uma vez a frustação tomou conta das soberanas, pela não realização presencial do Festiqueijo. A Prefeitura Municipal de Carlos Barbosa, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Turístico, Indústria e Comércio, realizadora do evento, optou por uma versão virtual, com lives e shows, e a venda de box com produtos típicos da região. “A frustação foi maior ainda, porque iríamos ficar dois anos como soberanas e, justamente, no período que os eventos não aconteceram”, comenta Kelly. E então, ainda em 2021, veio a surpresa com o convite para que elas permanecessem por mais um ano para, finalmente, conseguirem representar o município em seu principal evento. “O convite do secretário Fábio Rogério Basso foi uma linda surpresa, ficamos emocionadas”, destaca Brenda.

Segundo elas, a espera está valendo a pena. A responsabilidade de representar o Festival também reduziu as horas de sono. Antes de comparecerem aos compromissos, seja nos finais de semana ou em outras atividades, elas passam pelo salão de beleza, para cabelo e maquiagem, que leva em média duas horas e meia. E teve compromisso que exigiu despertarem às 3h30. Foram diversas entrevistas, centenas de fotos com o público visitante e, apenas durante os cinco finais de semana de julho, serão mais de 150 horas de abraços e sorrisos no Salão Paroquial da Igreja Matriz. “Valeu a pena cada sacrifício”, asseguram.

O concurso para a escolha das novas soberanas está previsto para o dia 08 de outubro de 2022.

Último final de semana

Quem quiser aproveitar as delícias das 10 queijarias, nove vinícolas e demais espaços com variedades tem mais um finaal de semana, sexta, sábado e domingo, até 31 de julho. O Festival traz o melhor da gastronomia e dos vinhos, uma Vila das Etnias, a feira Feito em Barbosa e muitos shows, tanto dentro do Salão Paroquial da Igreja Matriz como na área externa.

O cardápio inclui mais de 40 tipos de queijos e suas variações, 30 rótulos de vinhos e 25 de espumantes, sucos de uva, água, refrigerante, café, sorvetes e um buffet com 11 pratos. Para apreciar tudo com maior conforto, a diretoria criou a Área Vip. Com capacidade para 115 pessoas, possui serviço diferenciado, com espaço para sentar, a presença de chefs, garçons e uma ambientação temática.

Na área externa, com acesso gratuito, pode ser visitada a Vila das Etnias, que homenageia as 11 etnias que ajudaram a formar a população da cidade. As principais são as predominantes alemã e italiana, além da polonesa e suíça, cujos berços das imigrações no Rio Grande do Sul são na cidade. Pela sua representatividade, elas ganharam casas individuais na Vila das Etnias, instalada na Rua Coberta, ao lado do Festiqueijo. Uma quinta casa abriga conteúdos históricos, artísticos e culturais das etnias francesa, holandesa, espanhola, austríaca, ucraniana, luso-brasileira e de matriz africana, também presentes na localidade.

Quem circula pelo local pode apreciar hábitos e costumes, além de objetos preparados por associações que atuam na preservação de suas tradições. Exposição de fotos e objetos antigos, performances de trabalhos manuais típicos e uma agenda de shows de música e dança em um palco exclusivo para a novidade fazem parte da programação. Ali, também está instalado o varejo de produtos do Festiqueijo, assim como um forno à lenha onde o pão colonial é assado e comercializado aos visitantes. Entre os produtos típicos que cada casa oferece estão, ainda, uma oficina de capeletti, cucas, chopp, pierogi, Les Merveilles (grostoli suíço) e trufas de chocolate.

Outra atração externa e paralela ao Festiqueijo é o ‘Feito em Barbosa’. Instalada no Pavilhão da Tramontina, ao lado da Rua Coberta, a feira tem 28 expositores com 100% produção local. Os produtos são dos setores do vestuário, acessórios, papelaria, brinquedos, artesanato, alimentação, entre outras opções. A entrada é gratuita e acontece nos mesmos dias e horários do Festiqueijo, de sextas a domingos, até 31 de julho.

Marcas presentes

Queijarias: Cooperativa Santa Clara, Casa do Queijo Laise, Granja Cichelero, Queijos Ferrari, Gran Mestri, Casa do Queijo Ipar, Lua do Queijo, RAR-Rasip, Queijaria Somacal, Laticínios 3 Palmeiras.

Vinícolas: Casa Garcia, Casa Valduga, Vinícola Garibaldi, Vinícola Aurora, Miolo Wine Group, Vinícola Pedrucci, Vinícola Don Nanetto, Vinícola Vaccaro, Amitié Espumantes e Vinhos Finos. Variedades: Bebidas Sarandi, Café Onze e Estação do Pão e Sabory Sorvetes.

ATRAÇÕES ARTÍSTICO-CULTURAIS PARA O QUINTO FINAL DE SEMANA

Palco Salão Paroquial da Igreja Matriz de Carlos Barbosa

29 de julho - SEXTA-FEIRA

14h30min - TNG Duo - Pop Rock

17h - Darwin e os Evoluídos - Rock

19h15min - The Borges - Popular

21h - Sunset Riders - Pop Rock

30 de julho - SÁBADO

11h45min - Zanuzo & Os De Sempre - Pop Rock

14h - Filipe Girardi - Sertanejo

16h15min - Samba de Moça - Pagode

19h - Farina Brothers - Pop Rock

21h - Aleandro Santos - Sertanejo

31 de julho - DOMINGO

11h - Irmãos Manzoni - Italiana

13h - The Alpargatas - Gaúcha

15h - Cirilo Souza – Pagode

Palco Vila das Etnias

29 de julho – SEXTA-FEIRA

19h – Orquestra Municipal de Salvador do Sul

30 de julho - SÁBADO

16h - CTG Trilha Serrana

19h – Banda Macega show

31 de julho - DOMINGO

14h – Grupo Vanti in Drio

EVENTOS PARALELOS

DE 1º A 31 DE JULHO - FEIRA ‘FEITO EM BARBOSA’

Pavilhão Tramontina (rua Maurício Cardoso, junto à Rua Coberta)

Sextas-feiras: 11h às 22h

Sábados: 9h às 22h

Domingos: 9h às 18h

29 DE JULHO – 6º CONCURSO ESTADUAL DE QUEIJOS – SEXTA-FEIRA (8h às 12h e das 13h às 17h30min)

Local: Memorial Santa Clara - Estrada José Chies, 1641 (aberto ao público)

DIRETORIA

Cláudio Chies - Presidente

Clovis Tramontina - Vice-Presidente

Fabio Rogerio Basso - Diretor de Gestão Pública

Marcius Dal Bó - Diretor de Marketing e Planejamento

Lari José Audibert - Diretor de Infraestrutura

Roberto Bavaresco - Diretor de Suprimentos

Leda Elisabete Regla - Diretora Cultural

Claudia Atuatti Barsé- Diretora Financeira Contábil

Vanderlei Rodrigues Schneider - Diretor de Controladoria Pública

Angelita Morari Canal – Secretária

Senhorita Festiqueijo – Kelly Cristina Guedes

Dama de Companhia - Brenda Pagliarini Sartori

SERVIÇO

O que? 31º Festiqueijo

Quando? De 1º a 31 de julho, somente de sexta a domingo

Local? Salão Paroquial da Igreja Matriz de Carlos Barbosa

Horários: Sextas-feiras: 14h às 23h; Sábados: 11h às 23h; Domingos: 10 às 17h

Ingressos: Conforme o dia e a faixa etária os valores variam de R$ 80 a R$ 380. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site https://festiqueijo.eleventickets.com e também na bilheteria do evento, além do Supermercado da Santa Clara e do Posto Guerra, em Carlos Barbosa.

SEXTAS-FEIRAS - Crianças de 8 a 12 anos pagam R$ 80 e a partir de 13 anos o valor é R$ 195.

SÁBADOS - Crianças de 8 a 12 anos pagam R$ 80 e a partir de 13 anos o valor é de R$ 195.

DOMINGOS - Crianças de 8 a 12 anos pagam R$ 80 e a partir de 13 anos é cobrado R$ R$ 175.

O valor para a Área Vip é de R$ 380 por pessoa para qualquer dia do evento.

Para crianças menores de 8 anos a entrada é gratuita.

- Grupos a partir de 14 pagantes, inclusos em lista no DAER ou órgão similar, ganham um ingresso cortesia e também valor diferenciado com pagamento antecipado. Neste caso, é necessário contatar com a prefeitura pelo telefone 54 3461.8800.

Mais informações: www.festiqueijo.com.br e @festiqueijo

Outras notícias

Acompanhe nossas notícias e fique sabendo de tudo do festival.

Mais Notícias

Patrocínio

Apoio

Realização